fbpx
Deputado Estadual . Minas Gerais
(31) 2108.7475

Categoria: Comissão Extraordinária Pró-Ferrovias Mineiras

Ferrovias mineiras

Acompanhado do relator da Comissão Pró-Ferrovias Mineiras deputado Roberto Andrade, o presidente da Comissão, deputado João Leite (PSDB)  esteve hoje, dia 22,  com o governador Romeu Zema (Novo), quando lideranças da Zona da Mata Mineira puderam expor, as dificuldades que enfrentam para que Minas Gerais possa receber recursos estimados em R$1,2 bilhão, fruto das multas aplicadas à Ferrovia Centro Atlântica (FCA), pela Agência Nacional de Transportes Terrestres, em razão do abandono de 742 quilômetros de trechos ferroviários recebidos em concessão que, em sua maioria, tiveram trilhos e dormentes furtados. Alguns trechos foram invadidos.Com os recursos das multas, várias sugestões foram apresentadas para investimentos em obras ferroviárias, nas regiões prejudicadas, conhecida como Linha Mineira. O governador decidiu envolver a Secretaria de Infraestrutura nesses entendimentos e informou que conversará com o ministro da infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para assegurar que Minas Gerais receba os recursos financeiros que lhe são devidos.

Setembro ferroviário

 O governo federal, por meio do ministro da infraestrutura, Tarcísio Freitas, promoveu no final da tarde de quinta-feira, o lançamento das autorizações ferroviárias – Setembro Ferroviário – em solenidade no Salão Nobre do Palácio do Planalto. O deputado João Leite, presidente da Comissão Pró-Ferrovias Mineiras, da Assembleia Legislativa de Minas (ALMG) acompanhou de perto o lançamento do que já havia sido prometido pelo governo na última semana. As autorizações foram dadas para trechos abandonados em Minas que serão disponibilizados para diversos fins. A VLi vai operar uma linha entre Uberlândia e Claveslândia, que irá possibilitar que a carga seja transportada até o Porto de Itaqui representando 11 dias menos de navegação para a China. Foram liberados autorização de operação de linha de Unai a Luziânia, em Goiás. A linha que liga Pirapora a Unai já estava aprovada. A empresa Petrocity recebeu autorização para operar linha de Ipatinga ao Porto de São Mateus, no Espírito Santo. O parlamentar, João Leite, disse estar esperançoso com o desenrolar dos trabalhos da Comissão. 

Pacote de obras

Quem esteve no final da tarde de ontem, dia 9, em Brasília, foi o deputado estadual João Leite (PSDB). Ele teve um encontro com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, e disse que ficou animado com as promessas. Segundo o parlamentar, o ministro garantiu ter R$ 1,3 bilhão para o metrô de Belo Horizonte e que colocará mais R$ 2,2 bilhões para viabilizá-lo. “Ele se comprometeu iniciar o asfaltamento da BR-367, que fará a ferrovia Pirapora/Unaí. A duplicação da BR-381 do trecho próximo a Belo Horizonte até Governador Valadares será uma concessão e tem ainda a duplicação da BR-116 de Governador Valadares até a BR-251. O ministro Freitas prometeu ainda acertar a autorização de Varginha-Lavras e estudará a proposta de retomada da Ferrovia do Aço do trecho abandonado entre Belo Horizonte/Itabirito e Itutinga.” A reunião teve momento de descontração. João entregou ao ministro uma camisa do Benfica, de Portugal, encaminhada pelo goleiro daquele time, Helton Leite, filho do ex-goleiro do Atlético Mineiro, João Leite. Quando leu a dedicatória – “ao ministro Tarcísio o meu agradecimento pelo apoio às ferrovias em Minas Gerais” – Freitas disse de pronto: “Isto é uma nota promissória, tenho que quitá-la.’